Classificação das rochas

Atualizado: 20 de Out de 2019

No post sobre “Introdução às Rochas” (que pode ser conferido clicando aqui), falamos um pouco sobre os três grupos de rochas: MAGMÁTICAS, SEDIMENTARES e METAMÓRFICAS. Mas você sabe como as rochas são classificadas dentro desses grupos?


ROCHAS MAGMÁTICAS


As rochas magmáticas ou ígneas podem ser classificadas segundo diferentes aspectos: acidez, cor, modo de ocorrência, textura e estrutura.


A acidez é uma característica que varia de acordo com o teor de sílica presente na rocha, sendo consideradas ácidas as rochas com teor de sílica > 65%, intermediárias as rochas com teor de sílica entre 52% e 65%, e básicas as rochas com teor de sílica < 52%. O granito é considerado uma rocha ácida e o basalto uma rocha básica.


A classificação segundo a cor varia conforme a presença de minerais ferromagnesianos nas rochas. As rochas félsicas são aquelas de cores claras, como o granito, enquanto as rochas máficas são as de cores escuras, como o basalto. Existem ainda as chamadas mesocráticas, que são rochas de cores intermediárias.


De acordo com o modo de ocorrência, as rochas magmáticas podem ser intrusivas (plutônicas), quando são formadas no interior da crosta terrestre; ou extrusivas (vulcânicas), quando são formadas na superfície da Terra.


A textura está relacionada ao tempo de resfriamento do magma na formação das rochas magmáticas. Quando o magma é consolidado de forma intrusiva, o resfriamento se dá de forma lenta, logo, há tempo suficiente para formação de grandes cristais. Esse é o caso do granito, que possui, na maioria das vezes, textura fanerítica. Por outro lado, quando o magma é consolidado de forma extrusiva, o resfriamento se dá de forma rápida, e não há tempo suficiente para formação de grandes cristais. Assim forma-se a textura afanítica, que pode ser observada no basalto. Existe ainda a textura porfirítica, quando grãos maiores sobressaem em relação à uma matriz mais fina, e a textura vítrea, formada por vidro vulcânico.


De acordo com a estrutura, as rochas magmáticas podem ser maciças ou vesiculares (com cavidades sem preenchimento). Tanto o granito quanto o basalto podem ser consideradas rochas maciças.

Granito: rocha magmática ácida, félsica, intrusiva, fanerítica e maciça.

Basalto: rocha magmática básica, máfica, extrusiva, afanítica e maciça.

ROCHAS SEDIMENTARES


A classificação das rochas sedimentares se baseia no tipo de agente que transportou os sedimentos para a bacia de deposição, podendo ser rochas de origem mecânica, química ou orgânica.


As rochas de origem mecânica são originadas do transporte por meio da ação separada ou conjunta da gravidade, vento, água, gelo, seguida da deposição em uma bacia sedimentar. Essas rochas são subclassificadas segundo a granulometria de seus fragmentos, podendo ser grosseiras, arenosas ou argilosas.



Conglomerado: rocha sedimentar de origem mecânica grosseira.

Siltito: rocha sedimentar de origem mecânica arenosa.

Varvito: rocha sedimentar de origem mecânica argilosa.

As rochas de origem química inorgânica são aquelas que se formam por meio da precipitação de soluções químicas em bacias sedimentares. Essas rochas são subclassificadas segundo seus componentes químicos, podendo ser calcárias, ferruginosas, salinas ou silicosas.

Dolomito: rocha sedimentar de origem química calcária.

Evaporito: rocha sedimentar de origem química salina.

Sílex: rocha sedimentar de origem química silicosa.

As rochas de origem orgânica ou biogênica são as originadas pelo acúmulo de matéria orgânica de natureza diversa. Dentro desse grupo, existem as rochas calcárias e as rochas carbonosas.

Calcário: rocha sedimentar de origem orgânica calcária.

Hulha: rocha sedimentar de origem orgânica carbonosa.

ROCHAS METAMÓRFICAS


As rochas metamórficas são classificadas segundo sua textura, podendo ser foliada ou não-foliada.


Dentro o grupo das rochas metamórficas de textura foliada, existem ainda as classificações segundo o tipo de foliação, podendo ser: clivagem ardosiana (baixo grau de metamorfismo), xistosidade (médio grau de metamorfismo) ou bandamento gnáissico (alto grau de metamorfismo).

Quartzito: rocha metamórfica de textura não-foliada.

Ardósia: rocha metamórfica de textura foliada (clivagem ardosiana).

Micaxisto: rocha metamórfica de textura foliada (xistosidade).

Gnaisse: rocha metamórfica de textura foliada (bandamento gnáissico).

1,522 visualizações
  • Facebook
  • Instagram