Geotecnia: ciência fundamental para a engenharia

Quando falamos em Engenharia Civil logo pensamos em construções de edifícios ou no cálculo de estruturas, mas as atribuições de um engenheiro civil vão muito além dessas duas áreas. A resolução de número 218 de 29 de junho de 1973 do CONFEA (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia) não nos deixa mentir. Ela lista as competências de um engenheiro civil:


“Art. 7º - Compete ao ENGENHEIRO CIVIL ou ao ENGENHEIRO DE FORTIFICAÇÃO e CONSTRUÇÃO:

I - O desempenho das atividades 01 a 18 do artigo 1º desta Resolução, referentes a edificações, estradas, pistas de rolamentos e aeroportos; sistema de transportes, de abastecimento de água e de saneamento; portos, rios, canais, barragens e diques; drenagem e irrigação; pontes e grandes estruturas; seus serviços afins e correlatos.”

Então, não há dúvida que um engenheiro civil pode atuar no projeto, construção e gerenciamento de vários tipos de obras. Mas fazer um projeto sair da prancheta - seja ela uma pequena casa ou um monumento digno de ser a oitava maravilha do mundo - não é tarefa fácil. Existem vários fatores que vão interferir para que a construção fique de pé e cumpra as finalidades para as quais ela foi projetada.

Um desses fatores é o terreno onde a obra é feita. O solo é um material geológico não homogêneo, e suas propriedades mudam de lugar para lugar. Muitos fatores interferem no comportamento de um solo: o tempo geológico em que foi formado, a rocha que o originou, o nível do lençol freático, se o solo foi formado em um determinado lugar e transportado posteriormente para outro ou se foi formado na própria localidade...Enfim, conhecer o solo e estabelecer sua capacidade de sustentação para a obra que se deseja construir pode ser um grande desafio, e (adivinhem!) esse desafio cabe também ao engenheiro civil.

Uma outra área que depende de análise minuciosa dos solos para realizações de projetos é a Engenharia Ambiental e Sanitária. Ao realizar os estudos necessários de uma dada região, o Engenheiro Ambiental consegue obter várias informações importantes para evitar desastres ambientais. Este profissional pode, por exemplo, impedir rompimentos de barragens, construir aterros sanitários em áreas adequadas e propor técnicas de remediação para locais contaminados.

A Geotecnia Ambiental, especialidade da subárea de Geotecnia, é considerada uma ferramenta adaptada para investigar e evitar problemas geotécnicos em caráter multidisciplinar, com atuação importante para o equilíbrio ambiental. Muitas vezes confundida com a Geologia, a Geotecnia vai um pouco mais além, pois, com base nas informações obtidas pelo conhecimento geológico, estabelece parâmetros físicos para o material em análise (resistência, deformabilidade, capacidade de suporte), sendo uma baita ferramenta para os engenheiros civis e ambientais. Separamos alguns exemplos cujo conhecimento geotécnico é INDISPENSÁVEL para sua execução:


1. Aterros sobre solos moles

2. Fundações

3. Cortes em rochas e solos

4. Túneis

5. Viadutos e pontes

6. Barragens

7. Aterros Sanitários

A maior parte das obras de engenharia demandam informações geotécnicas, e algumas delas, além de serem construídas sobre o solo, possuem o solo como principal material de construção.

Falando em materiais de construção, a Geotecnia é uma mão na roda nessa área também. A grande maioria dos materiais de construção disponíveis no mercado atualmente é originada de minerais e rochas ou eles mesmos são usados em suas condições naturais. O conhecimento geotécnico possibilita analisar qual material geológico é o mais adequado para uso dentro de determinada situação, e também qual não é aconselhável a ser utilizado.

Este espaço busca mostrar que um engenheiro ambiental ou civil que se especializa no ramo geotécnico precisa de uma formação técnica sólida, e um vasto conhecimento sobre as interfaces da Engenharia Geotécnica com as outras áreas como Geotecnia Ambiental e Construção Civil. O nosso objetivo aqui será ajudar você, de modo informal, a formar todo esse conhecimento, e ser um engenheiro capaz de achar soluções usando a Geotecnia como ferramenta. Nossos conteúdos serão relacionados aos materiais geológicos (minerais, rochas e solos) e como eles são utilizados nas engenharias.

Cola com a gente que é sucesso!


Fontes:

foto 1 https://www.algosobre.com.br/guia-de-profissoes/engenharia-civil.html

foto 2 http://seifai.com.br/noticia_mostra.php?idnoticia=2014

foto 3 http://ast-ambiente.com.br/NOVOPROJETO.htm

foto 4 http://calixtoengenharia.blogspot.com.br/2017/04/ensaio-do-concreto-antes-de-executar.html

  • Facebook
  • Instagram