Minerais: Quartzo

Você conhece este mineral? Ele é o mais comum da crosta terrestre, presente em todos os tipos de rochas. Composto por Dióxido de Silício (SiO2), é extremamente resistente ao intemperismo e ao desgaste físico pelo fato de ser o último mineral a se formar no resfriamento do magma, a uma temperatura menor que 600ºC, o que garante uma maior estabilidade.



Ocorrência do quartzo no Brasil:


O Brasil é o país que detém as maiores reservas mundiais de quartzo. Porém, como muitas das empresas operam no regime de garimpo e de forma muito rudimentar, elas não tem

base tecnológica para agregar valor e explorar toda a potencialidade de uso do mineral.

Sabe-se, no entanto, que o Brasil é detentor de 95% das reservas mundiais, o equivalente a 78 milhões de toneladas. No estado do Pará estão as maiores reservas medidas do País, cerca de 64% das jazidas, seguida de 17% em Minas Gerais,15% em Santa Catarina e 2% na Bahia.


A produção brasileira de quartzo bruto teve significativo aumento de produção na década de 70 com seu declínio na década de 90 e desde 2004 apresenta crescimento. Praticamente a totalidade da produção é destinada à exportação. Os principais produtores mundiais são o Brasil, Suíça, Japão e África do Sul. Tendo destaque no Brasil os Estados de Minas Gerais e do Pará. O quartzo tem seu uso selecionado por sua qualidade. Os cristais de melhor qualidade são destinados à indústria óptica, eletrônica e de instrumentação (considerados os maiores consumidores), enquanto os de qualidade inferior destinam-se à indústria em geral (abrasivos, cerâmica, metalúrgica).


Propriedades Físicas:


  • Brilho: Predomina o brilho vítreo, mas existem variedades com brilho gorduroso e esplendente.

  • Clivagem: não possui.

  • Cor: Geralmente incolor ou branco, mas frequentemente colorido devida à presença de impurezas além de poder apresentar mais de uma cor, pode-se apresentar amarelo, roxo, rosa, branco leitoso.

  • Fratura: conchoidal, quebradiça.

  • Dureza: 7,0 (Escala de Mohs)

  • Densidade: 2,6 a 2,65 g/cm³

  • Hábito: prismático, granular, maciço...

  • Outras observações: apresenta piezoeletricidade


Aplicabilidade do Quartzo:


O Quartzo é largamente usado nas Indústrias Automobilística, Bélica, da Computação, da Construção Civil, Elétrica, Eletrônica, Eletrodoméstica, de Equipamento Médico, Metalúrgica, Óptica, Química, Relojoaria, de Telecomunicações.



Fontes:

http://www.mme.gov.br/documents/1138775/1256650/P27_RT37_Perfil_do_Quartzo.pdf/3ea3802c-8da9-4012-a246-c722d750de1f

http://entendendoageologiaufba.blogspot.com.br/2012/03/quartzo.html

http://construcaoereforma.com.br/artigos/noticia/230

281 visualizações
  • Facebook
  • Instagram